Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

UTIs para tratar Covid no Hospital Regional em Peixoto devem ser entregues no próximo mês, prevê secretário


06
Esta postagem foi publicada em 24 de setembro de 2020 Notícias, Política.

O secretário municipal de Saúde de Peixoto, Madson Fontoura, afirmou, em entrevista, que até o próximo mês devem ser entregues 10 novas leitos de Unidades de Terapia Intensiva específicos para receber e tratar pacientes com Coronavírus, em Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop). “Nós dependemos de empresa para fazer as entregas. Hoje está fazendo a canalização, está dando andamento. Os leitos estão prontos e estamos trabalhando para concluir as instalações do oxigênio para cada unidade. Depois, a vigilância estadual de saúde vai fazer vistoria. Estamos fazendo as cobranças. Acredito que até metade de outubro entregamos”.

Os respiradores, monitores e camas foram entregues ainda em julho, encaminhados pela secretaria estadual de Saúde para ampliar a estrutura emergencial de tratamento de pessoas com a doença.

Atualmente, o Hospital Regional de Peixoto conta com 21 leitos de enfermarias, mas não tem UTIs e foi inserido no plano emergencial do governo de Mato Grosso. A unidade é administrada e gerida através de parceria entre o governo e o consórcio de saúde, atendendo pacientes de Terra Nova do Norte, Matupá, Novo Mundo – municípios participantes do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Peixoto.

Segundo dados divulgados, ontem, pela secretaria estadual de Saúde, a taxa de ocupação está em 60,71% para UTIs adulto e em 32% para enfermarias adulto em todo o Estado. Atualmente, são 255 pacientes com internações em UTIs públicas e 283 em enfermarias públicas.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (22.916), Várzea Grande (8.765), Rondonópolis (8.520), Lucas do Rio Verde (5.353), Sorriso (4.956), Sinop (4.844), Tangará da Serra (4.785), Primavera do Leste (3.810), Cáceres (2.630) e Campo Novo do Parecis (2.615).

Ontem, Mato Grosso chegou a 3.336 óbitos em decorrência da doença. Também foram confirmados novos 1.299 casos. Desde o início da pandemia já são 117.299 infectados. Desses, 97.938 já se recuperaram e 15.263 estão em isolamento domiciliar.

 

 

 

 

Fonte: Só Notícias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-